O número de mortos num deslizamento de terras no leste da China, na passada sexta-feira, aumentou para 36, enquanto uma pessoa continua desaparecida, informou esta quinta-feira a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.

O deslizamento de terras ocorreu em Lidong, uma aldeia na província de Zhejiang, na costa leste do país, após vários dias de chuvas intensas, e soterrou 27 casas, provocando o desaparecimento de 38 pessoas. Apenas uma foi resgatada.

Mais de 300 locais foram retirados das suas casas, segundo a Xinhua.