Uma média de 200 novos museus abriu anualmente na China ao longo da última década, anunciou um responsável do património cultural do país na segunda-feira.

No final de 2014, a China tinha 4.510 museus, mais 345 do que um ano antes, disse o diretor da Administração Estatal do Património Cultural, Li Xiaojie, numa cerimónia realizada em Shijiazhuang, no norte do país, para assinalar o Dia Internacional dos Museus.

Cerca de um quinto dos museus chineses são privados, mas a maioria pertence ao Estado, indicou a agência noticiosa oficial Xinhua.