O príncipe William e Lady Gaga juntaram esforços em prol da saúde mental. Num vídeo divulgado nas redes sociais, o duque de Cambridge e a cantora falam em Facetime sobre o tema e William confessa que esteve a ler uma carta aberta escrita por Gaga onde esta confessa ter sido uma "vítima" por ter de lidar com problemas do foro psicológico.

Para mim, acordar todos os dias, sentir-me triste e ir para palco é algo que é muito difícil de descrever. Há muita vergonha associada às doenças mentais. Sentes que há algo de errado contigo", afirma a cantora

A cantora, que revelou em dezembro passado, através do seu blog, ter sofrido de stress pós traumático ao longo de cinco anos, revela que agora sente que não tem de "esconder" a doença porque "começamos a falar" sobre ela.

E é isso que precisamos mesmo de fazer", garante.

O príncipe William mostrou-se de acordo com a cantora e lembrou que ninguém tem de ser julgado por falar sobre este tema.

É normal ter esta conversa. É realmente importante ter esta conversa. Não vais ser julgada. É muito importante acabar com o medo e com o tabu que só te vai levar a mais problemas. É tempo de toda a gente falar e sentir-se à vontade sobre as doenças mentais, porque são a mesma coisa que as doenças físicas. Não deveria haver vergonha e ter uma conversa com amigos e familiares pode fazer a diferença”, afirmou.

Em sintonia sobre o tema, a cantora disse ainda ao príncipe que os dois precisam de fazer um apelo "forte e implacável" para normalizar os problemas se saúde mental, de forma a que as pessoas sintam que se podem manifestar.

O vídeo surge um dia depois do príncipe Harry ter falado abertamente sobre a sua luta para lidar com a morte da mãe e ter confessado que esteve à beira de um colapso psicológico.