O primeiro-ministro da Geórgia, Irakli Garibashvili, anunciou esta sexta-feira que a União Europeia (UE) vai eliminar os vistos turísticos para os cidadãos georgianos, um dos grandes objetivos da política externa do país, uma antiga república soviética.

“É uma vitória da Geórgia, uma vitória do povo georgiano”, disse Garibashvili numa reunião do Conselho de Ministros transmitida em direto pela televisão.

O primeiro-ministro informou que no dia anterior dirigentes da UE lhe comunicaram que tinha sido dada luz verde à isenção de vistos para visitas de curta duração, medida que entrará em vigor dentro de seis meses.