Uma camisa branca com raios pretos da marca Mango está a ser criticada por fazer lembrar as insígnias dos uniformes das tropas nazi.

Apelidada de «novo escândalo no mundo da moda», a polémica surgiu nas redes sociais, na Alemanha, e foi rapidamente divulgada pelos media.




Em declarações ao «Bild», a marca já lamentou a «infeliz associação» dos raios às SS. A camisa foi mesmo comparada à «coleção Eva Brown», numa referência à mulher de Adolf Hitler.

Recorde-se que em agosto, a Zara viu-se envolvida numa polémica semelhante por causa de um pijama que foi muito criticado nas redes sociais devido à sua semelhança com o uniforme dos prisioneiros nos campos de concentração nazis.