Um homem armado com um machado e uma faca fez pelo quatro feridos num comboio, que fazia ligação entre Wurzburg-Heidingsfeld e Ochsenfurt, no sul da Alemanha.

Informações anteriores desmentidas pelas autoridades davam davam conta de 21 feridos.

Segundo a BBC, o ataque terá acontecido por volta das 21:00 (20:00 em Lisboa) na estação de Heidingsfeld e o suspeito foi abatido pela polícia quando tentava fugir.

A polícia alemã indica que três dos feridos ficaram em estado grave. O outro passageiro ficou com ferimentos ligeiros e os restantes foram assistidos no local por estarem em estado de choque.

Houve um ataque no comboio de Wurzburg. Três pessoas ficaram feridas com gravidade e uma teve ferimentos ligeiros. O atacante estava armado com uma faca e um machado. O comboio parou na localidade de Heidingsfeld, no distrito de Wurzburg, e o homem saiu da composição e colocou-se em fuga, foi nesse momento que foi atingido pela polícia", disse o porta-voz da polícia, Florian Hummler.

Segundo o El País, que cita o ministro do Interior do Estado da Baviera, Joachim Herrmann, o atacante era um afegão de 17 anos. O canal alemão BR24 refere que o rapaz terá chegado à Alemanha numa vaga de refugiados menores de idade que não estavam acompanhados e que terá vivido num asilo em Ochsenfurt.

As causas do ataque ainda não foram reveladas pelas autoridades. A ligação ferroviária foi entretanto encerrada por questões de segurança e para que decorram as investigações sobre o ataque.