Pelo menos 251 pessoas foram detidas na quinta-feira, no Brasil, na maior operação contra a pornografia infantil no país e uma das maiores realizadas no mundo, anunciaram fontes oficiais.

De acordo com um novo balanço do governo, foram cumpridos 578 mandados de busca e apreensão em Brasília (Distrito Federal) e em 24 estados, entre os quais São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O número pode ainda aumentar", quando os dados oficiais da operação forem divulgados, declarou ao final da tarde o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Promovida pelo Ministério da Segurança Pública em parceria com as polícias dos estados envolvidos, a operação analisou mais de um milhão de arquivos obtidos em ambientes virtuais, com conteúdos relacionados com crimes de abuso sexual de crianças e adolescentes.

Ao todo, a ação intitulada ‘Luz na Infância 2’ mobilizou 2,6 mil polícias de todo o país.

Na primeira fase da operação, realizada a 20 de outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Na altura, 112 pessoas foram detidas.