Cerca de 1.300 pessoas foram esta quarta-feira retiradas no Japão, devido à passagem do tufão Chanthu.

O tufão deixou 850 casas sem eletricidade e obrigou ao cancelamento de dezenas de voos domésticos e a interrupções nos comboios de alta velocidade.

Chanthu, o sétimo tufão da temporada no Pacífico, chegou na terça-feira ao arquipélago nipónico e deslocou-se pela costa, até atingir a região de Iwate pelas 12:00 locais (04:00 em Lisboa), segundo dados da Agência Meteorológica do Japão (JMA).

Grande parte do país asiático encontrava-se em alerta pela chuva intensa, vento forte e ondulação causados pelo tufão.

O tufão vai continuar a avançar em direção nordeste, estando previsto que deixe esta quarta-feira o arquipélago japonês.