Quatro voos da companhia aérea Turkish Airlines que ligam Portugal a Istambul foram hoje cancelados, de e para os aeroportos de Lisboa e do Porto, segundo a página de internet da ANA-Aeroportos de Portugal.

No que diz respeito ao aeroporto de Lisboa, foi cancelado um voo com origem na capital portuguesa para a cidade turca que partia às 15:45. Cancelado foi ainda um outro voo de Istambul que deveria chegar a Lisboa às 14:50.

Quanto ao Porto, já não vai realizar-se o voo das 15:35 para o Aeroporto Internacional de Atatürk, assim como foi cancelado o voo que deveria chegar à cidade invicta às 14:35.

Também foram cancelados vários voos de ligação da Turquia a Espanha, Rússia e Alemanha.

Pelo menos 20 dos 29 voos previstos para hoje entre Espanha e Turquia foram cancelados.

Por sua vez, a Rússia suspendeu provisoriamente os voos de hoje para a Turquia, um dos principais destinos turísticos dos russos desde há vários anos, sendo que a suspensão temporária dos voos regulares afeta ambas as companhias, russas e turcas, mas não os voos a partir da Turquia.

Já a companhia aérea alemã Lufthansa também já cancelou oito de seus dez voos regulares no período da tarde entre os dois países.

Aeroportos de Istambul começaram a retomar a normalidade

Entretanto, os aeroportos de Istambul começaram já a retomar a normalidade.

Segundo a agência espanhola Efe, só perto do meio-dia os quadros de informação nos aeroportos começaram a mostrar indicações relativas a voos internacionais programados ou já prontos a descolar.

Em declarações à cadeia televisiva NTV, o gerente da Turkish, Ilker Ayci, prometeu que, o mais tardar no domingo, todos os passageiros poderão retomar os seus voos.

A Turquia foi alvo de uma tentativa de golpe de Estado na sexta-feira à noite, mas o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse hoje que a situação no país “está completamente sob controlo”.

O último balanço aponta para 161 mortos entre civis e forças leais ao regime de Erdogan, 1.440 feridos e 2.839 militares revoltosos detidos.