A polícia de Londres atualizou hoje para 30 o número de mortos do incêndio de quarta-feira no edifício Grenfell na capital britânica.

“Sabemos que pelo menos 30 pessoas morreram no incêndio”, uma das quais no hospital, disse o chefe da polícia metropolitana, Stuart Cundy, adiantando que o número deve aumentar. A polícia disse ainda que estão internadas 24 pessoas, 12 em estado crítico.

O último balanço do incêndio na torre Grenfell – com 24 andares, 120 apartamentos e entre 400 e 600 moradores – era de 17 mortos.

A polícia assegura que estão a olhar, atentamente, para quaisquer atos criminosos que possam ter sido cometidos. Uma das teses que estará fora de hipótese é a de um ato terrorista. Parece também não se tratar, de fogo posto sendo que os media britânicos continuam a dar como possível uma falha elétrica num frigorifico que estava no quarto andar. Nada foi ainda confirmado.