Confrontos entre uma força paramilitar e milícias islamistas líbias provocaram nesta sexta-feira 24 mortes em Benghazi.

O aeroporto da cidade foi encerrado «por motivos de segurança», disse o diretor da infraestrutura aérea à Reuters.

Os violentos confrontos aconteceram entre o auto-intitulado Exércio Nacional Líbio, liderado pelo antigo coronel Khalifa Haftar, e milícias islamistas. A BBC cita os media locais a garantir que houve tropas governamentais a combater ao lado das forças de Haftar.