Mais de 20 pessoas estavam esta sexta-feira desaparecidas, incluindo estrangeiros, depois de um barco ter afundado numa viagem experimental no rio Yangtze, o maior da Ásia, informaram as autoridades.

O novo navio estava a ser submetido a testes no leste da província de Jiangsu na tarde de quinta-feira, com o proprietário e técnicos a bordo, informou a agência oficial chinesa Xinhua.

«Nacionais de Singapura e do Japão foram confirmados entre os desaparecidos e um cidadão francês também pode ter desaparecido», referiu.