A polícia francesa lançou esta segunda-feira uma série de raides em todo o país, desmantelando uma rede suspeita de enviar combatentes jihadistas para a Síria, disse fonte policial à AFP.

A operação levada a cabo pelas unidades de elite e de antiterrorismo visou mais de uma dezena de alvos, a maioria na região de Toulouse, no sul do país, mas também nos arredores de Paris e na região da Normadia, disse a mesma fonte sob condição de anonimato.

Não há informações sobre o número de detidos na operação.

Segundo as estimativas do Ministério do Interior, cerca de 400 franceses encontram-se atualmente na Síria ou no Iraque nas fileiras de jihadistas.

Esta segunda-feira, em Sidney, um homem armado com uma bandeira escrita em árabe sequestrou várias pessoas num café. A hipótese de terrorismo não foi ainda confirmada oficialmente, mas também não foi descartada.