O Presidente angolano, João Lourenço, exonerou Isabel dos Santos, filha do anterior chefe do Estado, José Eduardo dos Santos, do cargo de presidente do conselho de administração da Sonangol, nomeando para o seu lugar Carlos Saturnino, disse fonte oficial.

A informação foi confirmada à Lusa pela Casa Civil do Presidente da República, dando conta ainda da exoneração de Carlos Saturnino do cargo de secretário de Estado dos Petróleos, para ocupar a liderança da petrolífera estatal.

A informação foi confirmada à Lusa pela Casa Civil do Presidente da República, dando conta ainda da exoneração de Carlos Saturnino do cargo de secretário de Estado dos Petróleos, para ocupar a liderança da petrolífera estatal.

No passado dia 3 de novembro uma "falsa nota" da Presidência angolana dava conta da exoneração da filha de José Eduardo dos Santos, à frente da Sonangol, com a RTP a afirmar que esta seria substituída por Jefferson Correia Airosa.

A notícia esteve no ar durante algum tempo, até a Sonangol ter vindo a público desmentir a nota.

Isabel dos Santos foi nomeada para a presidência do Conselho de Administração da Sonangol, em junho de 2016, pelo pai, José Eduardo dos Santos, quando ainda estava em funções como Presidente.

João Lourenço, que entrou em funções a 26 de setembro deste ano, já exonerou o governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Valter Filipe; António Rodrigues Afonso Paulo, um ex-ministro que faltou à cerimónia de tomada de posse; e a administração da Ferrangol.