Pelo menos nove pessoas morreram e 40 ficaram feridas na sequência de um sismo registado no Peru.

O abalo, com uma magnitude de 5.2 deitou abaixo cerca de 80 habitações, cortou várias estradas e deixou sem energia elétrica várias localidades na região sul de Arequipa, avança a agência noticiosa AFP. 

De acordo com o governador local, Yamila Osorio, três vítimas mortais encontravam-se em Achoma e seis em Yanque. No entanto, o número de vítimas ainda é provisório, dado existirem algumas aldeias isoladas.

Apesar dos sismos serem, de alguma forma, frequentes no Peru, este teve uma profundidade de oito quilómetros, com o epicentro a dez quilómetros da cidade de Chivy, capital da província de Caylloma.