Um avião da Ryanair que deveria ir a partir do aeroporto de Rygge, em Oslo, na Noruega, para Manchester foi evacuado pela polícia, depois de uma suspeita de ameaça de bomba. Dois passageiros foram detidos.

Toda a bagagem está a ser analisada pela polícia esquadrão anti-bombas, que foi chamada ao local. 

Os suspeitos são do Sri Lanka e do Reino Unido e serão sujeitos a interrogatório policial. 

Em conferência de imprensa, e citado pela imprensa local, o comandante do avião indicou que houve uma discussão entre os dois passageiros na casa de banho e que as testemunhas suspeitaram da situação, uma vez que a palavra "bomba" terá sido mencionada. 

O avião deveria ter descolado às 18.55 do aeroporto. Com esta situação, já só deverá partir pela meia-noite.