A polícia australiana realizou mais de 110 mil detenções por narcotráfico e 93 mil  apreensões, totalizando 27 toneladas de drogas confiscadas, durante o ano fiscal 2013-14, o que representa um valor recorde.

O mais recente relatório da Comissão Australiana contra o Crime (ACC, na sigla inglesa) indica que a canábis dominou o mercado de estupefacientes ilícitos em 2013-14, ano em que se realizaram 66.684 detenções e se confiscaram sete mil quilos relacionados com este narcótico, como cita a Lusa.

O número de detenções ligadas a anfetaminas quase duplicou nos últimos cinco anos, passando de 13.914 no ano fiscal de 2009-10 para 26.269 em 2013-14, com o consumo a aumentar nas zonas rurais e comunidades mais desfavorecidas.