A área circundante à Torre Eiffel, em Paris, foi evacuada. No entanto, segundo o Le Monde, o Ministro do Interior já confirmou que se tratou de um "falso alarme".

De acordo com testemunhas, foi visto um grande contingente policial junto ao Hotel Pullman, no 7º bairro, assim como vários carros de emergência. 

O metro de Paris anunciou ainda que a estação central Champs de Mars está encerrada.
   
Philippe Goujon, vice-presidente do 15º bairro de Paris, disse à BBC que o relatório de tiros perto do hotel Pullman é "a obra de brincalhões."

"Não é nada, há também foi outro alerta falso em Boulevard de Grenelle".