As autoridades filipinas confirmaram a morte de 72 pessoas, vítimas de um incêndio numa fábrica de sapatos em Valenzuela, nos arredores de Manila, ocorrido esta quarta-feira.

O presidente da Câmara de Valenzuela, Rex Gatchalian, disse à AFP que o número de fatalidades em consequência do incêndio tinha chegado aos 72.

O responsável disse acreditar que este número está próximo do valor final, já que coincide com o número de pessoas desaparecidas.

Segundo as equipas de resgate, muitos dos que estavam no interior da fábrica ficaram presos num segundo piso do edifício.
 
O incêndio esteve ativo por mais de sete horas e só há poucas horas os bombeiros conseguiram iniciar a inspeção do interior do edifício