Uma equipa de investigadores descobriu em Chaco, província no norte da Argentina, um meteorito de aproximadamente 30 toneladas, o segundo maior do mundo, escreve esta segunda-feira a agência de notícias Efe.

A descoberta, indica a Efe, foi feita no fim de semana na localidade de Gancedo, numa zona onde se estima que há quatro mil anos se deu uma chuva de meteoros.

O presidente da associação de Astronomia de Chaco declarou-se surpreendido com o tamanho do meteorito, que superou as expetativas das investigações que haviam sido realizadas na zona nos últimos meses.

Estamos numa zona promissora, as expetativas eram grandes, mas nunca pensámos que o meteorito poderia superar as 30 toneladas", vincou Mario Vesconi, citado pela Efe.

Os trabalhos de remoção do meteorito foram complicados devido à "grande quantidade de água" no poço onde o fragmento caiu, continuou o investigador.

O maior meteorito alguma vez descoberto pesa mais de 66 toneladas e foi encontrado na Namíbia.