Um homem incendiou este sábado uma carruagem de um comboio na Suíça utilizando um líquido inflamável e também esfaqueou passageiros, ferindo seis pessoas, incluindo uma criança de seis anos, informou a polícia.

O homem, um cidadão suíço de 27 anos, realizou o ataque num comboio que circulava no leste da Suíça, na fronteira com o Liechtenstein, e também ficou ferido, indicou num comunicado a polícia regional de St. Gallen.

Não são conhecidas as motivações do ataque, mas polícia não exclui a possibilidade de se tratar de um crime passional, afirmando que é pouco provável que se trate de terrorismo.

Entre os feridos, além do autor do crime, estão dois homens de 17 e 50 anos, três mulheres de 17, 34 e 43 anos e uma criança de seis, que foram levados para vários hospitais da região com queimaduras e cortes.

Alguns dos feridos estão, de acordo com a BBC, em estado grave.

O ataque ocorreu cerca das 14:30, hora local (menos uma hora em Lisboa), num comboio que fazia a ligação entre Buchs e Sennwald.

No local estiveram três helicópteros de socorro. A polícia já abriu um inquérito para apurar os motivos do ataque.