A Alemanha condenou, esta sexta-feira, uma caricatura de um jornal de esquerda grego, próximo do Syriza, que retrata o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, envergando um uniforme nazi e utilizando um discurso que invoca o holocausto.
 
Na caricatura, divulgada pelo diário «Avgi» Schaeuble grita: «Insistimos em fazer sabão a partir da sua gordura» e «estamos a pensar fazer fertilizante das vossas cinzas». Referências ao alegado destino dos judeus nos campos de concentração nazis, da II Guerra Mundial.
 
 
«Respeito o princípio da liberdade de expressão, mas num nível muito pessoal Acho que esta caricatura ofensiva e o cartoonista deveria ter vergonha», disse o porta-voz do Ministério das Finanças alemão, Martin Jaeger, numa conferência de imprensa.
 
As relações entre a Alemanha e a Grécia tornaram-se particularmente tensas, desde as eleições de 25 de janeiro, que levaram o Syriza ao poder.
 
A Alemanha insiste em manter as condições da Grécia para liquidar o programa de resgate a que está sujeita. A Grécia quer renegociar a dívida. No início desta semana, durante uma visita a Berlim, o novo ministro dos Negócios Estrangeiros grego disse que a Alemanha tem uma dívida para com a Grécia relativa aos danos provocados pela II Guerra Mundial no país. Berlim considera que todas as questões relativas à Grande Guerra já foram resolvidas.