«Todos os membros da sociedade devem trabalhar em conjunto, todos devem ter uma voz. Todos devem ser livres de expressar as suas preocupações, as suas necessidades, as suas aspirações e os seus medos», continuou o papa.


«A grande obra de reconciliação deve incluir a melhoria das infraestruturas e prover as necessidades materiais mas também, e ainda mais importante, ela deve promover a dignidade humana, o respeito dos direitos do homem e a plena integração de todos os membros da sociedade», declarou.


Milhares de pessoas saúdam o papa à chegada