Pelo menos uma pessoa morreu esta quinta-feira de manhã e outras duas ficaram feridas com gravidade em confrontos entre a polícia e a população de Lichinga, província de Niassa, no norte de Moçambique, adiantou a Rádio Moçambique.

Segundo a delegação da estação pública na capital de Niassa, a população revoltou-se quando um agente policial baleou um ciclista, que recusara mostrar o imposto de circulação de bicicleta.

O agente foi espancado antes de os polícias fugirem para a segunda esquadra de Lichinga, no bairro de Chuaula, que rapidamente foi cercada pela população enfurecida e munida com paus e pedras, noticia a Lusa,