A atriz mexicana Kate del Castillo está a ser investigada pelas autoridades mexicanas por lavagem de dinheiro. O procurador-geral, Arely Gomez, disse, em entrevista ao jornal El Universal, que há indícios de que a atriz poderá ter usado o dinheiro do narcotraficante El Chapo para "ajudar a financiar sua empresa de tequila".

O jornal mexicano avança que uma troca de mensagens entre Kate e um dos advogados de El Chapo indica que os dois conversaram sobre a possibilidade de investimento na empresa da atriz.

Kate del Castillo intermediou uma entrevista do ator Sean Penn com El Chapo. A atriz foi oficialmente chamada a depor sobre o relacionamento que tinha com o narcotraficante. Na sua conta oficial no Twitter, Kate disse que "fabricaram histórias falsas" e que em breve dará a própria versão dos fatos.

 
El Chapo, considerado o maior narcotraficante do mundo, foi preso no último dia 8 em Sinaloa, cidade onde nasceu, depois de uma fuga fantástica de uma cadeia de segurança máxima no México.