O chefe da rede terrorista Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, ameaçou os Estados Unidos de repetir “milhares de vezes” os ataques do 11 de Setembro, num vídeo difundido por ocasião do 15º aniversário dos mortíferos atentados.

O 11 de Setembro “é o resultado dos vossos crimes contra nós”, afirmou Al-Zawahiri, dirigindo-se aos Estados Unidos num vídeo difundido em páginas jihadistas na Internet.

O islamita radical egípcio assinalou que “os crimes prosseguem” e que o 11 de Setembro “vai repetir-se milhares de vezes”.

A 11 de Setembro de 2001, quatro aviões foram sequestrados por operacionais da organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda, na altura sob a liderança de Osama Bin Laden. As Torres Gémeas do World Trade Center, dois dos edifícios mais altos do mundo e símbolos do poderio económico do país, em Nova Iorque, e o Pentágono, em Washington,  foram atingidos.

Os atentados provocaram perto de três mil mortos, de oitenta nacionalidades.