Mais de 250 escolas na Malásia estavam encerradas hoje devido a uma onda de calor trazida pelo fenómeno climático El Nino, que tem afetado gravemente a produção de alimentos e provocado escassez crónica de água em muitos países.

As autoridades ordenaram o fecho das escolas nos estados de Perlis e Pahang depois do registo de temperaturas superiores a 37 graus celsius durante um período de mais de 72 horas, indicaram os meios de comunicação locais.

O Ministério da Educação malaio afirmou que a decisão foi tomada para proteger a saúde de cerca de 100 mil estudantes, informou a agência noticiosa oficial Bernama.