O enviado especial da ONU para a Síria anunciou esta sexta-feira, em Moscovo, que as Nações Unidas vão organizar eleições presidenciais e legislativas no país, no prazo de 18 meses a partir de segunda-feira.

Staffan de Mistura falava à agência noticiosa russa Ria Novosti sobre os principais temas em discussão para pôr fim a cinco anos de guerra na Síria, que vão decorrer, em Genebra, entre 14 e 24 de março.

"Teremos três questões: um novo governo inclusivo, uma nova Constituição e novas eleições, que devem realizar-se no prazo de 18 meses a contar do início das negociações, ou seja, a partir de 14 deste mês", declarou.

Desde março de 2011 que a Síria vive um conflito armado que já fez mais de 250 mil mortos.