O Presidente nigerino, Mahamadou Issoufou, apelou esta quarta-feira aos seus concidadãos para uma «mobilização geral» contra o grupo nigeriano Boko Haram, que atacou o sudeste do Níger várias vezes nos últimos cinco dias.

«A história não vai dizer que o nosso país cometeu a cobardia de se ajoelhar perante um inimigo que quer cobrir o nosso país de trevas», disse Issoufou, em discurso transmitido radiofonicamente a partir de Bilma, no norte.

«O povo deve apoiar as forças de defesa e segurança, designadamente dando informações», continuou o Presidente nigeriano, dois dias depois de a aprovação, por unanimidade, pelo parlamento do envio de tropas para a Nigéria para combater o Boko Haram.