Noite agitada na capital francesa com os bombeiros a dão darem mãos a medir.

Várias estações do metro em Paris foram fechadas esta noite, depois de serem inundadas pela forte tempestade que atingiu a cidade. A capital acumulou um nível de 49 milímetros de chuva em uma hora, o equivalente a três semanas de precipitação média no mês de julho.

Cerca de 20 estações de metro de Paris foram afetadas pelas inundações devido às fortes chuvas que caíram sobre o capital entre 21 e 23 horas.

Quand les chutes du Niagara viennent à toi: #orage #orages #Paris #metro #lundi pic.twitter.com/Ap7dqQvutE

Esta segunda-feira, a Régie Autonome des Transports Parisiens (RATP) anunciou a reabertura normal da circulação em quase todas as linhas. Apenas três estações não estão a funcionar. “Era previsto retomar a normalidade esta manhã, mas como houve nova chuvada, fechámos as estações de Voltaire, Quai de la Rapee e Maubert Mutualité às 8 horas. O tráfego está normal no resto da rede ", disse o porta-voz da RATP.

Foi uma noite de muito trabalho para as equipas de bombeiros que receberam mais de 1.700 chamadas deste o início da tempestade.

Foram, sobretudo intervenções em caves e no subsolo. Mas são as mais demoradas, além das operações de resgate de pessoas", disse o tenente-coronel Yannis Destable, porta-voz do corpo de bombeiros de Paris.