Dezenas de adeptos tentaram forçar, este domingo, a entrada na "fanzone" da Torre Eiffel para assistir à final do Campeonato Europeu onde se defrontaram as Seleções de Portugal e de França.

Perante a insistência das dezenas de pessoas, as autoridades viram-se forçadas a usar gás lacrimogéneo para dispersar os fãs que ali se encontravam. 

As forças de segurança terminaram a intervenção com um canhão de água para travar o grupo, que queimou contentores e lançou garrafas e outros objetos contra a polícia, junto a praça do Trocadero.

A polícia tinha advertido, horas antes do início do jogo da final entre Portugal e França, que a capacidade da "fan-zone" parisiense estava lotada.

Cerca de 40 pessoas foram detidas na sequência destes incidentes. De acordo com a prefeitura da polícia de Paris, algumas detenções foram efetuadas também junto ao Estádio de França, na periferia norte de Paris, por crime de ultraje, danos ou vendas ilegais.

As autoridades francesas reforçaram a segurança com 6.800 agentes da polícia e da guarda nas zonas de adeptos, como junto ao Estádio de França, nos Campos Elíseos, e na rede de transportes públicos de Paris.