A polícia do Sri Lanka prendeu, esta quinta-feira, dois homens por torturarem uma águia do mar depois de fotografias, publicadas nas redes sociais, mostrarem a ave a ser esfolada viva.

A polícia da estância balnear de Habaraduwa, a 130 quilómetros a sul da capital, Colombo, fez as detenções depois de as imagens terem desencadeado uma onda de indignação.

A nossa unidade de informação foi capaz de seguir o rasto dos homens envolvidos. Prendemos dois e estamos à procura de um terceiro, que aparece nas fotografias”, disse o chefe da polícia de Habaraduwa.

Nas fotos, o grupo de homens assistia enquanto um outro torturava a ave com uma faca. Outro indíviduo filmava tudo com um iPhone.

Os suspeitos arriscam-se a cinco anos de prisão por violarem a fauna e flora do país. As águias são espécies altamente protegidas no Sri Lanka.