Dezoito pessoas foram detidas este domingo em Paris, durante as manifestações do 1.º de Maio, realizadas num clima particularmente tenso, após dois meses de contestação contra uma reforma da lei do trabalho e muitos protestos marcados por violência.

O número de detidos foi adiantado pelo Ministério do Interior francês.

Várias dezenas de milhares de pessoas – 84.000, segundo as autoridades – desfilaram em toda a França, para exigir a retirada do projeto de lei que será analisado na Assembleia Nacional a partir de terça-feira.