A França enviou conselheiros militares ao norte da Síria para ajudar as Forças Democráticas Sírias a combater o grupo extremista Estado Islâmico (EI), revelou, esta quinta-feira, fonte do Ministério da Defesa.

A ofensiva em Manbij está a ser claramente apoiada por um determinado número de Estados, incluindo França. É o apoio normal – é aconselhamento”, disse a mesma fonte à agência AFP, sem facultar mais detalhes.

Na semana passada, segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH), as Forças Democráticas Sírias (FDS), uma aliança arábio-curda apoiada pela coligação internacional, lançaram uma ofensiva destinada a retomar Manbij, vista como um importante ponto de trânsito para os combatentes do EI.