A polícia colombiana recuperou o exemplar da primeira edição do livro “Cem Anos de Solidão”, que contém uma dedicatória do autor, Gabriel García Marquez, roubado na Feira Internacional do Livro de Bogotá.

Os agentes deram conta da operação no Twitter, vincando que o que está em causa não é o valor comercial, mas emocional do livro para o seu proprietário:
 
Em conferência de imprensa, horas depois, o diretor da polícia colombiana explicou que o exemplar foi encontrado numa loja de um bairro do centro da capital, Bogotá, onde se encontram à venda obras de arte e antiguidades, cita a Lusa.

Segundo uma investigação preliminar, o exemplar em causa, que não sofreu qualquer tipo de dano uma vez que estava numa caixa, seria vendido a colecionadores do estrangeiro por um valor que rondaria os 120 milhões de pesos (45.500 euros), disse Rodolfo Palomino.