Três jornalistas, um italiano, um suíço e um venezuelano, foram detidos quando se preparavam para fazer uma reportagem numa prisão na Venezuela, denunciaram no sábado várias organizações de jornalistas e de defesa dos direitos humanos.

Roberto Di Matteo (italiano), Filippo Rossi, (suíço), segundo a ONG Foro Penal, e o venezuelano Jesus Medina foram detidos na sexta-feira depois de terem entrado na prisão de Tocoron no Estado de Aragua, norte.

Fillipo Rossi, inicialmente apresentado como italiano, é de nacionalidade suíça, segundo os ‘media’ suíços.