A polícia alemã já deteve dois suspeitos na grande operação policial que decorre na cidade alemã de Chemnitz, a mais de 250 quilómetros de Berlim, na sequência de uma suspeita de ameaça de bomba, informou a polícia da Saxónia.

Está lançada a caça ao homem para encontrar Jaber Albakr, um sírio de 22 anos suspeito de planear o ataque.

Jaber Albakr

As três pessoas entretanto detidas para interrogatório foram, de acordo com as autoridades, interpeladas na estação ferroviária e no cento da cidade. A polícia acredita que estas três pessoas têm ligações como o jovem sírio de 22 anos.

A polícia confirmou entretanto, via Twitter, que foram encontrados explosivos num apartamento e que foi evitada uma explosão iminente.

Na internet, a polícia tinha solicitado, em alemão e em inglês, que a população permaneça nas suas casas na zona dentro do perímetro de segurança e que siga as instruções policiais.

Por favor, não publiquem fotos ou vídeos das medidas policiais, caso contrário podem estar a colocar em risco a operação”, lê-se noutra mensagem publicada no Twitter pela polícia, que estará à procura do suspeito das ameaças.

De acordo com a imprensa local, em causa estaria um atentado bombista que estaria a ser planeado, estando as autoridades neste momento à procura de suspeitos num complexo de edifícios.

De acordo com vários relatos, ninguém está autorizado a sair de casa enquanto a situação se estiver a desenrolar.

Como parte da missão policial, já foi ouvida uma explosão controlada, que não fez qualquer vítima.