Os bombeiros italianos retiraram oito corpos dos escombros do prédio que ruiu sexta-feira na cidade de Torre Annunziata, perto de Nápoles, no sul de Itália.

As informações na altura da tragédia davam conta de que, pelo menos, duas famílias estavam desaparecidas devido ao colpaso do edifício de cinco andares.

De acordo com a agência noticiosa AP, os trabalhos de remoção e buscas terminaram na manhã deste sábado, 24 horas após a derrocada do prédio situado perto de uma linha ferroviária.

Cerca de 80 bombeiros trabalharam nas buscas.

As causas da derrocada continuam a ser invstigadas pelas autoridades italianas, mas é admitido que os trabalhos de renovação do edifício que estariam em curso poderão estar relacionados.