A Cruz Vermelha alemã garantiu esta quarta-feira que está pronta para disponibilizar, com rapidez, ajuda médica e outros tipos de assistência humanitária à Grécia.

“Estamos prontos em todos os aspetos”, afirmou o porta-voz da Cruz Vermelha alemã, Dieter Schutz, numa entrevista ao jornal Leipziger Volkszeitung.

“Os pensionistas, os pobres e os refugiados” têm sido os mais duramente atingidos, disse.


“Já há problemas com a assistência médica”, acrescentou, numa referência à escassez de medicamentos.

Na segunda-feira, o ministro da Economia alemão, Sigmar Gabriel, disse que, na reunião de hoje dos países da zona euro, deverá ser discutida a ajuda humanitária à Grécia, onde os bancos estão fechados desde 28 de junho e há receio de um colapso do sistema financeiro.