O número provisório de mortos devido ao sismo de magnitude 6,4 ocorrido na terça-feira à noite em Taiwan subiu para dez, havendo ainda cerca de duas dezenas de desaparecidos.

De acordo com as autoridades, há ainda 270 feridos.

Seis edifícios de Hualien ficaram bastante danificados, alguns inclinados e três deles ruíram parcialmente, incluindo um hotel, cujo piso térreo abateu, matando um funcionário e deixando outros dois presos nos escombros.

O sismo ocorreu às 23:50 locais (15:50 em Lisboa), com epicentro a 18 quilómetros da cidade de Hualien e foi sentido em toda a ilha, incluindo na capital, Taipé.

As equipas de socorro prosseguiam hoje as operações de busca e salvamento no local.

Pelo menos uma forte réplica foi sentida nesta quinta-feira.