Os venezuelanos e estrangeiros radicados na Venezuela que possuam licença de uso e porte de arma devem apresentar-se às autoridades para provar a sua legalidade, determina uma resolução conjunta dos Ministérios de Relações Interiores e da Defesa.

«Quem tiver licença de uso e porte de arma tem, a partir de hoje e até ao final de abril de 2015, de para apresentar-se perante a Divisão de Armas e Explosivos (…) e quem não o fizer ser-lhe-á confiscado o armamento em qualquer ponto de controlo», disse o ministro venezuelano de Relações Interiores, Justiça e Paz, Miguel Rodríguez Torres.

Ao anunciar a emissão da resolução, o mesmo responsável frisou que os cidadãos devem cumprir a ordem para verificarem a legalidade dos documentos, demonstrar a legalidade da sua arma e renovar a licença de porte.