“Se eu soubesse que o leão tinha nome e era tão importante para o país e para o estudo, não o teria, obviamente, caçado. Ninguém na nossa equipa sabia quem era o leão, antes ou depois da caçada”, assegurou.