As autoridades da Birmânia elevaram para 88 o número de mortos nas inundações que afetam grande parte do país e solicitaram a evacuação das zonas baixas face ao risco de subida do nível da água, informam esta sexta-feira os ‘media’.

Pelo menos 330 mil pessoas foram afetadas pelas inundações, provocadas pelas chuvas da época de monção que assolam 12 das 14 regiões da Birmânia desde o mês passado, as quais se intensificaram, na passada semana, com a passagem do ciclone Komen.

A área mais atingida, com 55 vítimas mortais, é o estado Rakhine, no oeste, uma das quatro regiões declarada, na semana passada, como zona de desastre pelo governo birmanês, de acordo com o jornal Global New Light of Myanmar.