Pelo menos 14 pessoas morreram esta terça-feira e 11 ficaram feridas quando homens armados atacaram uma localidade no norte do Quénia, perto da fronteira com a Somália, indicou a polícia e a Cruz Vermelha.

“O ataque ocorreu numa aldeia perto de um mercado de gado, nos arredores da cidade, 14 pessoas morreram”, disse um agente da polícia da cidade de Mandera.


O dirigente local Alex Ole Nkoyo confirmou o ataque ao jornal Kenya's Daily Nation, enquanto a Cruz Vermelha do país acrescentou que tinha levado 11 feridos para o hospital.