Os documentos, que deram entrada no tribunal da Flórida, EUA, foram apresentados por Virginia Roberts. A mulher alega que Jeffrey Epstein, antigo amigo da família real, a forçou a ter sexo com o príncipe André três vezes, quando era menor. 

Roberts afirma que entre 1999 e 2002 foi obrigada a ter relações com o banqueiro e multimilionário e com muitos dos seus amigos ricos e poderosos, incluindo o príncipe de Inglaterra. A mulher, agora com 30 anos, afirma que os atos sexuais com André ocorreram em três sítios: Londres, Nova Iorque, e numa ilha privada caribenha de Jeffrey

O Palácio de Buckingham já tinha negado as alegações e o próprio príncipe reiterou a sua inocência na Conferência de Davos, na Suíça.

«Apenas quero reiterar e reafirmar os comunicados que foram feitos em meu nome pelo Palácio de Buckingham.» 

Epstein esteve preso em 2008 e 2009 por causa de um caso de pedofilia.