Uma tempestade de neve está a causar o caos em Paris. Centenas de pessoas foram obrigadas a passar a noite em centros de acolhimento e estações de comboios e, esta quarta-feira, os transportes da capital francesa e da área em torno da cidade estão a sofrer graves perturbações. De acordo com a imprensa francesa, é preciso recuar a 1987 para ter registo de uma tempestade de neve desta dimensão.

Um espesso manto branco cobriu, esta quarta-feira, Ile-de-France, a região francesa que inclui a capital, Paris. A neve chegou a atingir 15 centímetros de altura nas zonas mais afetadas.

Durante a noite, muitos condutores ficaram bloqueados e tiveram de abandonar os seus veículos. Várias estradas acabaram por ser cortadas, incluindo a N118. No total, segundo uma contagem oficial, mais de 1.500 pessoas passaram a noite em centros de acolhimento, estações de comboios ou aeroportos.

Os transportes estão a sofrer graves perturbações: a rede de autocarros ficou paralisada, a companhia ferroviária francesa aconselhou os habitantes da região a adiarem as suas deslocações e, nos aeroportos de Charles-de-Gaulle e de Orly, vários voos foram cancelados.

O metro parece ser o único meio de transporte que tem escapado a estes efeitos, estando a funcionar de forma quase normal.

Esta quarta-feira, o instituto de meteorologia Météo-France manteve 28 departamentos em alerta. São esperados fortes nevões ainda durante esta manhã.

Entretanto, o Ministério do Interior francês anunciou que foram mobilizados cerca de 2.500 operacionais para efetuar a limpeza das estradas e ajudar os automobilistas. O porta-voz do ministério, Frédéric de Lanouvelle, reconheceu, em declarações à RTL, que "a situação é excecional".

A ministra dos Transportes, Elisabeth Borne, por sua vez, admitiu que a situação pode piorar na quinta-feira caso a neve continua a cair com intensidade durante o dia hoje. Em declarações ao Parisien, a governante apelou às pessoas para que evitem deslocações. Caso tenham mesmo de sair de casa, devem utilizar os transportes públicos, destacou.

Várias autarquias, como a de Eure-et-Loir, estão a reforçar este apelo para que as pessoas fiquem em casa durante o dia de hoje, a menos que sejam mesmo obrigadas a sair.

Nas redes sociais, os utilizadores têm partilhado várias imagens que mostram bem o manto branco que cobriu Paris.