Das duas pessoas que ficaram hoje feridas, devido à explosão de um objeto junto à estação de metro Varby Gard, perto de Estocolmo, na Suécia, uma acabou por morrer, segundo refere a agência Reuters.

Em causa o homem de 60 anos que, tal como uma mulher de 45, foi transportado para o hospital.

O alerta às autoridades foi dado às 11:07 locais (10:07 em Lisboa) que, segundo um bombeiro citado pela imprensa local, encerraram a estação de metro e estabeleceram um perímetro de segurança. A equipa de inativação de explosivos também se encontra no local.

Segundo relatos de testemunhas, o homem apanhou um objeto do chão que depois explodiu.

A polícia não vê, para já, razões para falar em atentado terrorista. De resto, alguns relatos nas redes sociais, como o que se segue no twitter, dão conta que a Suécia tem contabilizado várias explosões nas últimas semanas, uma das mais recentes na terça-feira passada, com origem em gangs.