Morreu um dos feridos graves do atentado de Nice. Segundo a presidente da região de Paca, Christian Estrosi, Pierre Hattermann não resistiu aos ferimentos, aumentando para 85 o número de vítimas mortais.

Pierre Hattermann estava no Passeio dos Ingleses com vários membros da família quando Mohamed Lahouaiej-Bouhlel albarroou as centenas de pessoas que ali se encontravam.

Também a mulher de Pierre, Françoise, morreu no atentado. O filho do casal, Elouan, de 13 anos, esteve desaparecido durante quatro dias até que a sua morte foi confirmada. A filha, Léane, de 14 anos, continua hospitalizada mas, segundo um amigo da família, está "a recuperar".

Um camião atingiu, na noite de 14 de julho, uma multidão em Nice, França, no Passeio dos Ingleses, quando decorria um fogo-de-artifício para celebrar o dia de França. Pelo menos um cidadão português ficou ferido no ataque, confirmou o Governo português.