Sete mineiros estiveram desaparecidos após um tremor numa mina de carvão localizada no sul da Polónia, informou hoje uma porta-voz da empresa de mineração responsável.

Katarzyna Jablonska-Bajer disse que uma operação de resgate foi iniciada às 11:25 (hora local, 10:25 em Lisboa), depois de um abalo atingir a mina Zofiowka, operada pela Jastrzebie Coal Company.

A mina está localizada na cidade de Jatrzebie-Zdroj, no sul, perto da fronteira da Polónia com a República Checa.

A porta-voz disse que quatro mineiros foram trazidos para a superfície, mas foi perdido o contacto com outros sete que estavam a 900 metros abaixo do solo. Dois dos mineiros já foram encontrados, avança a Reuters.

Katarzyna Jablonska-Bajer disse haver alguma esperança de que os mineiros desaparecidos tenham conseguido aceder a outra saída no local em que estavam a trabalhar.

"Nunca houve um tremor tão forte na mina", disse, acrescentando que as equipas de resgate não podem chegar ao local devido aos altos níveis de metano.

A mineração de carvão é uma indústria importante na Polónia e o carvão continua a ser a principal fonte de energia e aquecimento, mas a Polónia está a tomar algumas medidas para mudar para fontes renováveis e mais limpas de energia.

O principal órgão de estatística do país indicou que cerca de 65,8 milhões de toneladas métricas (58,7 milhões de toneladas) de carvão foram extraídas no ano passado, cerca de 4,8 milhões de toneladas a menos do que em 2016.