O Governo japonês quer que os trabalhadores nipónicos gozem, pelo menos, cinco dias das suas férias pagas por ano para diminuir o seu trabalho e evitar eventuais doenças físicas e mentais.

Segundo um estudo do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, que vai apresentar o projeto de lei no parlamento, os japoneses utilizam menos de metade dos 18,5 dias de férias pagas a que, em média, têm direito anualmente.

Em 2013, os trabalhadores nipónicos gastaram menos de metade das suas férias, ou 48,8% dos dias.